ANIVERSÁRIO ZIPPY ONLINE | HOJE: -20% DIRETO PIJAMAS & INTERIORES

Texto Margarida Marinho.

Fotografia Catarina Macedo Ferreira

Estava tudo agendado, mas o tempo reservou-nos uma surpresa. O microclima da Foz tem destas coisas. No entanto, a vontade era muita e, com o aval da Francisca, a mãe, optámos por continuar a sessão e fazer algumas fotos, mas rapidamente percebemos que o nevoeiro e o cansaço dos nossos protagonistas Manu e Tati, depois de um dia cheio de aventuras, falou mais alto. Problema resolvido, reagendámos tudo para o dia seguinte, que nos parecia um dia perfeito: sábado.

Começar logo pelo fresco da manhã, e que manhã! Estávamos no local perfeito. Um campo de basketball ao pé da praia, no mítico edifício transparente da Foz.

A manhã estava garantida. Adoram a liberdade de brincar ao ar livre, a praia é o playground dos fins-de-semana e a surpresa de algumas bolas de rugby, volley e futebol foi o mote para gargalhadas, algumas zangas e muita, mas muita diversão.

Tati, a irmã mais velha. Tem 4 anos, curiosa, com um feitio vincado e muito segura de si. O seu maior admirador? Manu, o irmão de 2 anos. Bem-disposto, tranquilo e ainda o bebé da mãe. Já bastante autónomo e, claramente, adora correr com bolas e surpreender-nos com alguns “dribles de mestre”.

Durante a semana não é fácil gerir a azáfama e reservar tempo livre, mas para quem tem filhos, neste caso, dois, o fim-de-semana tem de ser passado fora de portas.

Gastar as pilhas cuja energia parece inesgotável é vital, para não falar na necessidade de socialização e no estímulo à motricidade individual. Correr, cair, sujar e levantar são os verbos dominantes.

Durante a semana, é tudo mais complexo. As manhãs são, na maioria das vezes, o horário nobre do stress. Neste caso, a Tati já gosta de dar a sua opinião e fazer as suas escolhas: ”Ela sim…já começa a perceber as combinações de cores. O Manu já tem referências, mas normalmente é mais fácil!”

Ambos tiveram os seus looks prediletos e a Tati só vestiu o que gostou mesmo, sem volta a dar! O Manu, gostou de tudo, mas o look total camisola e joggers com o print Mix & Match das bolas foi o favorito e que teve de levar vestido para casa com o risco de choro desenfreado.

Pedro e Francisca deixam a roupa preparada de véspera, sabendo de antemão que pode haver alterações e opiniões de última hora: ”Roupa prática! Um já desfraldado, outro em processo, roupa prática é exigência. E, claro, tem de ser confortável.”.

Quer a Tati quer o Manu já estão na escola. A Francisca entrou com um ano e o Manuel com 5 meses, andavam na mesma escola e já tinham os primos lá o que facilitou o processo de adaptação, em grupo ganharam força. Foi fácil e sem dramas, já este ano ainda é uma incógnita. A Tati vai passar para a “escola dos grandes” e deixar o caçulinha para trás. Os pais descomplicam: “Não temos dúvidas que se alguém sentir a mudança vai ser o mano, que a adora, mas talvez sejam filmes da nossa cabeça!” .

Sofrer por antecipação é uma característica comum a todos os pais. Vale é que, a par disso, a voz da razão traz-nos para a realidade e confirma o que sublinham: “A escola é mesmo muito importante para o crescimento, evolução cognitiva e para a autonomia das crianças.” A par disso, também exige dos pais uma necessidade de criar um equilíbrio entre as variadíssimas correntes educacionais que surgem a um ritmo avassalador “… há uma vertente moderna que quase negligencia a educação que toda a geração de “novos pais” teve. Nós tentamos o equilíbrio. Sem dúvida que educar é o trabalho mais difícil de todos!”

Mais difícil e que exige imensa responsabilidade. Por isso, estamos aqui para ajudar, aliviar e trazer uns pozinhos de inspiração para todas as etapas! Bem-vindos ao novo ano!!